Início / Aconteceu / Ação do Senar dissemina práticas de tecnologias sustentáveis em Pastos Bons

Ação do Senar dissemina práticas de tecnologias sustentáveis em Pastos Bons

Prática de sustentabilidade, deu a tônica do Dia de Campo em Pastos Bons

Hilton Coelho durante ministração de palestra no Dia de Campo

Gestores do Senar durante a abertura

Com foco na disseminação das práticas de agricultura sustentável com baixa emissão de carbono e no processo de sensibilização do produtor rural para melhor investir na propriedade e obter retorno econômico, e ainda, resguardar   a preservação do meio ambiente, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) realizou por meio do projeto ABC Cerrado, o 2º Dia de Campo de 2018, na Fazenda Formosa, em Pastos Bons.

O evento contou com as parceiras da prefeitura de Pastos Bons, por intermédio da secretaria municipal de Agricultura. Destaca-se, também, a participação da família Zamberlan, proprietária da fazenda Formosa e do técnico de campo, Tiago Sousa, que contribuíram diretamente para a mobilização e organização da atividade, voltada principalmente para o produtor não contemplado pelo programa de assistência técnica e gerencial (ATeG).

Destaca-se ainda a presença de produtores rurais dos municípios de Sucupira do Norte, Mirador, São João dos Patos e Colinas. E, finalmente, a presença de alunos do programa Rede E-Tec do Senar e do IFMA, bem como do coordenador do Grupo Gestor do Programa ABC Cerrado no Maranhão, Luís Coelho.

A abertura do Dia de Campo foi feita pelo presidente do sistema Faema/Senar, José Hilton Coelho de Sousa. Em sequência, foram feitas considerações técnicas sobre o evento pelo superintendente do Senar, Luiz Figueiredo. A mesa de abertura foi composta também pelo gerente de ATeG, Epitácio Rocha, pelo gerente Técnico, Carlos Antônio Feitosa, com participação da coordenadora do ABC Cerrado no Maranhão, Aline Saldanha.

Três estações integraram os trabalhos técnicos do Dia de campo na propriedade. Uma destinada ao Manejo de Pastagem que foi ministrada pelo professor do IFMA, Cutrim Júnior. A outra, voltada para a técnica da Integração-Lavoura -Pecuária-Floresta (ILPF), foi aplicada pelo supervisor de campo do Senar, Rodrigo Castro e pelo engenheiro agrônomo, Daniel Zamberlan.

A última delas, teve a frente o produtor rural e anfitrião Vanderley Zamberlan que tratou sobre a produção de água, com a participação do supervisor de campo do Senar, Rozalino Aguiar, que falou sobre proteção de nascentes. O Dia de Campo em Pastos Bons teve um diferencial a mais, pois além de abordar o uso de sistemas integrados e manejo de pastagens, envolveu, também, temáticas relacionadas a sustentabilidade e uma delas foi a preservação de nascentes.

Irrigação

Zamberlan, na ocasião, falou de sua experiência exitosa como produtor de água, uma vez que ao descobrir a nascente de sua propriedade, não só a manteve, mas, também, investiu na sua expansão e manutenção com a finalidade de atender às necessidades dos animais, irrigação de sua plantação e criação de peixes para consumo.

O produtor rural é gaúcho e mora em Pastos Bons desde 2004, quando veio atraído pelo baixo preço de terras na região e a possibilidade de produzir soja, milho e bovinocultura de corte. Hoje, ele atende ao mercado interno e externo com esses produtos e mantém sua produção de água em uma nascente localizada a 1.100 metros da área de distribuição, numa produção média de 1.024 mil litros por hora.

“Através do projeto ABC Cerrado, na parte técnica, conseguimos evoluir muito com as práticas adotadas e hoje a nossa pecuária deu um salto. A Integração Lavoura-Pecuária introduzida, tem dado muito certo”, disse o produtor rural, satisfeito com a presença de técnicos do Senar, em sua propriedade.

O produtor destacou as práticas de sustentabilidade feitas por ele no local. Frisou da sua importância para a sua produção e para a vizinhança que acompanha o processo. “Começamos fazer a prática de sustentabilidade por meio da proteção de nascentes. Com isso conseguimos o marco zero de incêndio, sem contar que temos produção de frutas, milho verde, hortaliça e assim por diante”, acentuou.

Exitoso

José Hilton classifica a atuação do projeto na fazenda Formosa como um trabalho exitoso. “O ABC Cerrado conduzido pelo Senar aqui no Maranhão, com recursos do Banco Mundial, tem sido avaliado como muito exitoso, haja vista os resultados conferidos aqui, por ocasião do Dia de Campo”, realçou o gestor.

“Temos alcançado resultados expressivos como programa ABC Cerrado, graças a participação dos nossos parceiros e o empenho e bom trabalho da equipe de campo, que só traz dividendos satisfatórios para o Senar”, disse o superintendente, Luiz Figueiredo.

Também satisfeito, o gerente de ATeG, Epitácio Rocha ressaltou da importância do ABC Cerrado já ter atendido 20 municípios maranhenses e realizado cinco ações denominadas Dia de Campo.” Concluímos que foi bastante proveitoso o evento e uma oportunidade ímpar para que todos possam observar dentro da propriedade atendida pelo Senar, a viabilidade do projeto”, frisou Epitácio Rocha.

Técnicos do projeto ABC Cerrado acompanham os trabalhos

Produção de água na Fazenda Formosa

Foi útil essa informação? Seja o primeiro a comentar!

Comentários

About Assessoria de Comunicação

Scroll To Top