Início / Aconteceu / Evento na CNA comemora Dia Internacional Contra a Corrupção

Evento na CNA comemora Dia Internacional Contra a Corrupção

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) sediou nesta quarta (12) um evento do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) para celebrar o Dia Internacional Contra a Corrupção.

Ministros, autoridades e o presidente da CNA no evento

Na abertura, o presidente da CNA, João Martins, afirmou que o produtor rural também sofre as consequências da corrupção que se alastrou no Brasil e, por esse motivo, é uma importante sinalização para o setor o Sistema CNA/Senar sediar e apoiar a realização de um evento como esse.

“É com muita honra que estamos celebrando este dia, uma sinalização clara de que acreditamos no futuro do país. O produtor rural também sofre com as consequências da corrupção. Eu, como brasileiro, que tenho filhos e netos, que sonho por um Brasil mais justo, fico feliz em apoiar iniciativas para combatê-la”, afirmou Martins.

João Martins

O presidente da CNA ressaltou que o Sistema estará sempre pronto a colaborar para que acontecimentos deste tipo tenham repercussão, “não só no nosso meio, dos nossos associados, mas, sobretudo, na sociedade como um todo”.

O ministro da Transparência e CGU, Wagner de Campos Rosário, apresentou um balanço das ações e dos resultados alcançados pelo órgão neste ano. Ao todo, foram recuperados para os cofres públicos R$ 7,23 bilhões por meio das ações de controle interno no Governo Federal em 2018.

Wagner Rosário

“Nós estamos com os mecanismos cada vez funcionando mais. Vamos aprendendo com os casos e criando mecanismos preventivos para combater a corrupção. Então, todo esse conjunto para detectar casos e fazer investigações vai sendo aprimorado”, afirmou.

A cerimônia contou, ainda, com a presença do ministro da Justiça, Torquato Jardim, do ministro da Educação, Rossieli Soares, do delegado de Polícia Federal, Umberto Ramos Martins, da representante da Unesco no Brasil, Marlova Jovchelovitch Noleto, do diretor-presidente do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social, Caio Magri, de autoridades, convidados e integrantes do Sistema CNA/Senar.

Torquato Jardim

Ampliação – Durante o evento também foi anunciada a ampliação do Programa “Um Por Todos e Todos por Um! Pela ética e cidadania” para as escolas de Ensino Fundamental de todo o País. A iniciativa é realizada pelo Ministério da Transparência e CGU em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Ministério da Educação e Instituto Maurício de Sousa.

Rossieli Soares

O programa tem como objetivo despertar nos estudantes o interesse pelos assuntos relacionados à ética e à cidadania, de forma lúdica e divertida, com o auxílio da Turma da Mônica.

Segundo o diretor-geral do Senar, Daniel Carrara, a entidade foi convidada para participar em razão da sua experiência em desenvolver programas com jovens na área de conteúdos transversais e pelo conhecimento em educação a distância (EaD).

“Trabalhamos na área de meio ambiente, de defensivos e na área de recursos hídricos. O jovem e a criança exercem uma função primordial na interferência das atitudes dos pais e isso, nessa área de cidadania e ética e no combate à corrupção, certamente vai ser um sucesso”, afirmou Daniel.

Daniel Carrara (esq.) com a Turma da Mônica e autoridades

Atualmente o programa se encontra no final da primeira fase, ou seja, na formatação do material didático-pedagógico (Caderno do Professor, Caderno do Aluno, Revista de Atividades, jogos, cartazes e histórias em quadrinhos da Turma da Mônica) dentro da plataforma de EaD para, posteriormente, ser disponibilizado gratuitamente em todo o Brasil, tanto no formato online quanto offline.

“Esse trabalho do Senar será importantíssimo para que as 48 milhões de crianças que hoje estão no Ensino Fundamental recebam um material de qualidade que trate de ética e cidadania nessa importante fase do aprendizado”, disse o ministro Wagner Rosário.

Concurso – Outro destaque do evento foi a premiação do 10º Concurso de Desenho e Redação, que foi realizado durante o ano de 2018 e teve como tema: “Ser Honesto é Legal!”. Nesta edição foram mobilizados 591.473 estudantes, 20.750 professores, 2.978 escolas, e produzidos 506.399 trabalhos, entre desenhos, redações e planos de mobilização.

Wagner Rosário e João Martins entregam o prêmio para uma das vencedoras

Foram premiados três estudantes vencedores do Distrito Federal e seus respectivos professores orientadores, além das três instituições vencedoras da categoria nacional “Escola Cidadã”. As instituições reconhecidas foram a Unidade Escolar Alencar Mota, de Alagoinha do Piauí (PI), a Escola Estadual Professora Clotilde de Moura Lima, de Taipu (RN), e o Colégio Estadual Lavandeira, de Lavandeira (TO).

Participantes do Concurso foram premiados durante o evento

Assessoria de Comunicação CNA

Foi útil essa informação? Seja o primeiro a comentar!

Comentários

About Assessoria de Comunicação

Scroll To Top