Início / Aconteceu / Senar acompanha visita de produtores à Unidade Produtiva Hort Canaã

Senar acompanha visita de produtores à Unidade Produtiva Hort Canaã

Luiz Figueiredo, ao lado do técnico Jorge Mesquita e do produtor rural de Nova Demanda.

Palestra ministrada durante visita ao assentamento Horti Canaã.

O Senar acompanhou de perto, um grupo de dezoito produtores rurais moradores do assentamento de responsabilidade da Eneva, denominado Nova Demanda, do município de Santo Antônio dos Lopes, durante visita ocorrida esta semana ao também assentamento assistido pela empresa, o Hort Canaã.

A Unidade Produtiva fica localizada no município de Paço do Lumiar, onde são desenvolvidos projetos de plantação de hortaliças, frutas em modelo de produção agroecológica, sob a supervisão da analista de responsabilidade social, Elizabeth Teles.

Os pequenos produtores rurais do assentamento Nova Demanda são assistidos pelo Senar, desde o ano passado, quando foi contratado pela Eneva, empresa brasileira integrada de energia com negócios complementares em geração, exploração e produção de hidrocarbonetos. A Eneva é responsável pela relocação dos moradores e reimplantação de suas atividades rurais, com foco na lucratividade para garantir o sustento da família.

Desde que foram realocados (ano passado), vinte e oito cursos de qualificação profissional e assistência técnica foram promovidos em 18 meses na área que comtempla sessenta e cinco moradores. As qualificações profissionais compreendem os cursos de Olericultura Básica, Avicultura, Operador de Tratores e Implementos Agrícolas, Piscicultura, Suinocultura e outros.

Vocação

A escolha por participar deste ou daquele curso, teve como principal critério a vocação de cada participante, sendo dado oportunidade de participação de qualquer curso a todos os integrantes da comunidade.

Todos os moradores de Nova Demanda têm sido acompanhados pelo técnico de campo do Senar, Jorge Mesquita. Uma forma de garantir, segundo o superintendência do Senar, aprendizagem por meio de práticas modernas com implementação de tecnologias essenciais para incrementar os níveis de produtividade e renda na atividade rural.

De acordo com o Gerente de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), Epitácio Rocha, é um trabalho que tem dado certo na medida em que o técnico do Senar tem acompanhado o dia a dia dos produtores rurais, nessa nova etapa que requer inciativa e determinação.

“A participação do técnico do Senar é essencial para que os produtores rurais se sintam seguros ao escolher e desenvolver a sua atividade, neste novo espaço de produção”, disse ele.

Jorge conta que antes da implantação das ações do Senar na localidade Demanda, os produtores viviam basicamente da agricultura de subsistência (arroz, milho e feijão) e pequenas criações como galinha caipira para consumo familiar. Segundo ele, a comunidade tinha dificuldade até para o uso de água potável. Mesmo assim, conseguimos implantar algumas hortas.

“Na nova Demanda, conseguimos quebrar paradigmas. Hoje já temos criação de frangos para corte, cultivo de hortaliças, ovinos e fruticultura. Além disso, incentivamos outras atividades lucrativas. Todos os avanços foram conseguidos graças à intervenção do Senar”, atestou o técnico responsável pelas intervenções no local.

O Analista de Responsabilidade Social e de Relacionamento de Comunidade da Eneva, Sandro Moreth Costa, diz que a parceria entre o Senar e a empresa tem sido uma parceria de sucesso.

“Já fizemos parceria com outras entidades, mas ao iniciar o trabalho com o Senar, gostamos e notamos que as dificuldades encontradas para trabalhar com a comunidade Demanda sempre foram encaradas de perto e superadas na grande maioria das vezes. Vimos muita resistência em assimilar novas tecnologias e o Senar entrou nesse momento turbulento e foi fazendo um trabalho de formiguinha, capacitando e criando consciência. Os cursos foram todos muito bem avaliados. O trabalho de assistência técnica está sendo muito bem aplicado. O técnico é bastante empenhado e só tenho a elogiar e agradecer”, ressaltou, apostando em novas parcerias no futuro.

Para o produtor Edcarlos Melo Marinho, de 20 anos de idade, solteiro, integrante da comitiva de visitantes, a presença do Senar tem sido de grande importância para todos na comunidade.

“A presença do técnico do Senar, ajuda muito, auxilia a gente e tirar todas as nossas dúvidas”, disse assegurando que a sua produção aumentou consideravelmente nos plantios de hortaliças e frutas, aumentando com isso, os locais de venda e a renda para sua família.

Foi útil essa informação? Seja o primeiro a comentar!

Comentários

About Assessoria de Comunicação

Scroll To Top